CLICK HERE FOR THOUSANDS OF FREE BLOGGER TEMPLATES »

agosto 22, 2005

... there is light in my heart for you.


Do "teu" poeta, José régio ... Metafísica

De cada vez que nos teus braços
Por uns momentos morro,
Nos abismos de mim o meu amor pede socorro
Como se à força alguém lhe desatasse os laços.

De cada vez apreendo
Que fica em muito pouco, ou nada, aquele tanto
Que o querer ter promete, enquanto
Se não tendo.

Desejar é que é ter! mas não nos basta.
Sonhar é que é possuir sem tédio nem cansaços.
Sei-o, mas só já morto nos teus braços.
Sofre a carne de ter, ou de ser casta.

Sobre o desejo farto, a alma se debruça,
Contempla o nada a que o fartá-lo aponta.
E atrás do mesmo nada eis que ela mesma, tonta,
Vai, se a carne reacende a escaramuça.

Entrar num corpo até onde se oculte
O para Lá do corpo - eis o supremo sonho.
De que desejos o componho,
Se ei-lo se descompõe quando o desejo avulte?

Sôfrega, a carne pede carne.
Saciada, Pede, ela própria, o que jamais sacia.
Para de novo se inflamar, é um dia.
Para de novo desgostar, um nada.

Ai, como não te amar e não te aborrecer,
Carne de leite e rosas, - terra inglória
Do longo prélio-entendimento sem vitória
Que é carne e alma, ter-não ter?


;)

5 comentários:

Anónimo disse...

de facto uma mulher como tu é o que me faz falta....qualquer dia perco o anonimato e ....

X

olhos de chocolate disse...

estive num mar de imtemperis,longe de meu pequeno sol,cercada de abutres que me queriam comer a carne,e levar-me a alma....por breves momentos sonhei contigo,sim apenas sonhei e senti o calor dos teus raios de sol, na minha pele seca pelas gotas do mar onde tu navegas.
acordei!!! abri os meus olhos,senti a brisa do mar nos meus cabelos o cheiro de noites de paixao,remei para a costa,parei o meu barco,correi de encontro a uma vida que sempre ali estive á minha espera,soltei o meu ser e voei,ganhei asas de anjo,e loucos sao os outros??...não é a loucura que faz parte da minha vida doce e amarga,nao sei para onde vou nem como vou ,apenas sei que nao vou por ali...nao quero morrer na praia,principalmente nos teus braços... tenho sede de beber as tuas lagrimas,de colher o teu sorriso,de plantar a felicidade no teu coração...e loucos são os outros???...nao! a doce loucura que me corre nas veias do meu ser, dão-me vida para avançar neste imenso mar de chamas... eu conhece-te de outras vidas passadas fomos amantes... vêm navega comigo nesta aventura chamada vida...e loucos são os outros???não!!
é hoje que vou renascer das cinzas,para que por vezes durante a noite possa morrer no teu coração,vezes sem conta até que o sol nao se volte a por, até que o vento deixe de soprar...até que os meus abutres me levem a alma,e loucos são os os outros??nao!
no fundo louca sou eu...de amar tanto esta vida e todas as outro que ainda estam para vir...

Avalone disse...

A louca não és tu.
A louca sou eu que perante um ciclo que alvorece com a cor dos meus sonhos, com o bater do teu coração e a silhueta do teu pescoço, não consigo encontrar dentro de mim o que sinto quando tu não estás, o que quero quando tu não partes.

Pedi à Deusa Lua que me colocasse no caminho de uma mulher admiravel, inteligente, atraente, enigmática...
Pedi ao Sol que me mostrasse sinais de uma mulher fogosa, sexual, apaixonada, vibrante...
Falei com os Elfos e as Ondinas, pedi-lhes para me trazerem o perfume e o barco dela ...
Como saber se és tu, como saber para onde ir?

Lançaste as tuas amarras no meu porto e eu não sei se te acolho ou se te deixo partir para outro abrigo.
Quem me dera poder ver dentro de mim o nome daquilo que sinto por ti, a consistência do meu desejo...
Até lá, há noites em que o meu travesseiro tem o teu nome.

Beijos meigos
Hel

olhos de chocolate disse...

acordei... o dia estava cinzento com a noite em que senti que tinhas partido em viagem,o vento não corria e os passaros nao se ouvem,há um silêncio no ar,como se a vida tivesse feito uma pausa de si mesma,nesse instante arratei-me para fora do meu leito,onde te procurei durnate a noite,e mergulhei no meu primeiro banho da manha,para levar a alma que por ti chamou...!
sai ...sai para a rua,na esperaça de te encontar,mas nao estavas lá...entam recordei um poema de alguem que escreveu" pegadas na areia " e ai sim percebi que por mais viagens que possas fazer estaras sempre comigo....estarei louca?
depois de tantas vidas passadas encontra-te aqui ao pé de mim,estives-te tao perto e tao longe...doce myosotis
que os deuses te acompanhem nesta tua viagem pelo teu interior que os Elfos e as Ondinas .... sabes estou triste!triste por te ver partir...
será que que nao ves que o que sentes só tem uma palavra , o que mais queres que os deuses te digam ???!!....o meu barco teima em nao partir, porque os meus olhos partem tão tristes por saberem que nao iram voltar os teus
um beijo quente

Anónimo disse...

nao percebo de que estas á espera para ires ao encontro da pessoa por quem estas apaixonada!!!nao a deixes fugir...!!!se uma luz no teu coração vai ao encontro dela!
força